A Ressurreição de Jake “The Snake” Roberts

Antes de falar do documentário que está em cartaz na Netfilx, eu gostaria de falar um pouco sobre como essa história me atinge em um nível emocional. Quando eu era pequeno, meu tio alugava umas fitas VHS que mostravam esses caras lutando, voando, quebrando mesas, se batendo com cadeiras e etc. Eu achava aquilo o máximo, e esses caras aos poucos foram virando meus heróis.

Bom, esses caras trabalhavam para uma empresa, chamada WWE (WWF na época) ela é uma empresa que trabalha com o que é chamado de “Pro Wrestling” nos Estados Unidos e de “Telecatch” aqui no Brasil.Basicamente são lutas em que os movimentos são coreografados e os resultados são pré-definidos, como se fosse um filme.

Contudo, isso não muda o fato que certas manobras são dolorosas. Os lutadores se sacrificam voluntariamente pelo show e pelo dinheiro envolvido, levando cadeiradas, sendo jogados de lugares altos e até mesmo se enroscando em arame farpado.

O vídeo abaixo mostra algumas das loucuras que esses caras cometeram.

 

 

Esses caras viviam como estrelas, e alguns até mesmo deram muito certo fora da WWF/WWE,

como o astro Dwayne “The Rock”Johnson.

 

johnson
Dwayne “The Rock” Johnson

 

Porém, devido aos ferimentos e auto-medicação unida a uma vida nômade onde há muita droga e festa, alguns desses caras acabaram morrendo ou simplesmente destruindo a própria vida graças aos vícios adquiridos ao longo dos anos. Um deles foi Jake “The Snake” Roberts.

Jake e uma amiguinha

O documentário fala sobre esse senhor aí de cima.

Um cara que foi um dos grandões da época, ele andava por aí com a sua cobra de estimação, batendo em todo mundo, enganando os outros lutadores e deixando sua cobra picar um ou outro.
Esse cara era idolatrado nos Estados Unidos, mas o passar do tempo e os seus vícios acabaram afastando-o dos ringues.

O documentário mostra o ex-lutador Diamond Dallas Page (que foi pupilo de Jake no início da sua carreira) tentando acolher Jake em sua casa e o retirar de vez do buraco em que ele havia se metido. Quando Dallas vai até o seu antigo mestre, ele encontra um Jake Roberts muito acima do peso, que admitia ter usado crack no último mês.

O Jake que Diamond Dallas encontrou

 

Jake é levado para a casa de Dallas Page, onde um longo processo de reabilitação se inicia.

O documentário então mostra a luta de Dallas e Jake para livrá-lo dos seus vícios e trazer a família dele de volta
(família que havia sido repelida graças ao modo de vida e atitudes de Jake Roberts).

Não há muito o que se falar sem dar spoilers, é uma história real e emocionante de um homem que viveu em uma montanha-russa entre o céu e o inferno procurando a sua redenção, ou melhor dizendo, ressurreição.

 

jake
Dois pupilos e dois mestres, simultaneamente.

 

 

lucascthulhu@gmail.com'

Apesar de odiar tirar fotos, Lucas é um cara simples: Se algo pode fazê-lo rir, chorar ou se arrepiar, ele estará lá. Amante dos trabalhos de Junji Ito e de cookies, ele prefere canetas do que teclados na hora de escrever, além de gostar de retrucar a opinião de técnicos profissionais de futebol americano no seu tempo livre (mesmo sabendo que eles são profissionais). Ele odeia falar de si próprio na terceira pessoa, mas pode abrir exceções de vez em quando. (sacaram o que eu fiz aqui? xD)

Deixe uma resposta