O passado dos 5 escritores mais ricos do mundo

Harry Potter, Alquimista ou Carrie: grande obras de grandes autores. Todavia, alguns desses escritores passaram por barras bem pesadas antes de se tornarem famosos.

1. J.K. Rowling

Fortuna: US$ 1 bilhão

Por pressão dos pais, Rowling se formou em língua francesa na Universidade de Exeter. A ideia dos pais, era que  filha seguisse a carreira de secretária biligue. Em vez de fazer atas de reuniões, JK rabiscava histórias em papéis.

2. Paulo Coelho

Fortuna: US$ 500 milhões

Paulo Coelho sempre gostou de escrever e desde muito jovem tinha o sonho de se tornar escritor. Todavia, os pais não o apoiavam. Atitules “rebeldes” levaram Paulo a ser internado em hospital psiquiátrico, três vezes, pelos pais.

 

3. Stephen King

Fortuna: US$ 400 milhões

O autor já passou por umas barras bem pesadas, evolvendo até abusos excessivos de álcool e drogas. Em 1981, escreveu o livro Cujo, porém o autor não lembra muito do processo de escrita do livro, por causa das drogas. Além disso, King já fez parte de uma banda com o criador de Simpsons Matt  Groening.

4. James Patterson

FORTUNA US$ 390 milhões

Antes de se dedicar a carreira de escritor, James trabalhava em uma agência de publicidade. Começou sendo redator júnior da agência J. Walter Thompson, em Nova Iorque e tornou-se CEO da empresa.

5. Danielle Steel

FORTUNA US$ 375 milhões

Quando menina, Danielle Steel pensou em se tornar freira. Mais tarde estudou na Parsons School of Design e na Universidade de Nova York, onde dedicou-se a design de moda e  literatura.

 

 

vitoriamollerke@gmail.com'

Amante de Game of Thrones, Supernatural, Mr.Robot, de personagens complexos e de tudo que tenha uma boa história. Mais Geek do que Nerd. Livros e filmes são paixões, mas séries são o grande amor da vida. Entre os pecados capitais o favorito é a gula. Escolheu o jornalismo pela pouca quantidade de números.

Deixe uma resposta