Mitologia – Itzamna

Itzamna é um dos deuses mais importantes da mitologia maia. Foi responsável pela invenção  da escrita e da adivinhação, além disso criou o mundo e todos os outros deuses. Por ser o criador das outras divindades, Itzamna acaba sendo o responsável por supervisionar os  deuses menores. Na língua maia, o significado do nome Itzamna é “Casa dos Lagartos”, mas ele também é conhecido como “Senhor dos Céus” ou “Senhor da Noite e do Dia”.

As  criações de Itzamna vão muito além da escrita e da adivinhação: o deus foi responsável por criar o calendário e os rituais religiosos. Além disso, ensinou para humanidade o uso da medicina, a cultivar terras e introduziu um sistema de divisão de terras. Diferente de vários deuses, tanto da mitologia maia quanto de outras mitologias, Itzamna nunca foi associado a qualquer tipo de “rótulo violento”: como guerra, morte ou destruição.

O deus já apareceu com características de réptil, além de ser conhecido como o Pássaro do Céu. Sob a forma de pássaro o deus habitava o topo da Árvore do mundo, local responsável por ligar o céu, a terra e o Xibalba (o submundo dos maias). Na forma humana, o deus tinha a aparência de um idoso escriba, desdentado, nariz afilado e o rosto afundado, além disso pode ser visto usando um elaborado cocar, com um espelho de contas em sua testa.

Com sua esposa Ixchel, o deus teve quatro filhos: os Bacabs que são os responsáveis por sustentar o céu: Kanal-Bacab (representa o sul e corresponde a cor amarela), Ekel-Bacab (representa o Oeste e corresponde a cor preta), Chacal-Bacab (representa o Leste e corresponde a cor vermelha) e Zacal-Bacab (representa o Norte e corresponde a cor branca). Em algumas situações, os quatro deuses são incorporados na figura de Itzamna, criando um deus de quatro cabeças.

Os sacerdotes maias recolhiam o orvalho acreditando ser as lágrimas de Itzamna para os seus rituais religiosos. Durante as festividades, o deus era muito invocado. Principalmente nas festas de fim de ano, com o intuito de impedir desastres no ano seguinte.

 

vitoriamollerke@gmail.com'

Amante de Game of Thrones, Supernatural, Mr.Robot, de personagens complexos e de tudo que tenha uma boa história. Mais Geek do que Nerd. Livros e filmes são paixões, mas séries são o grande amor da vida. Entre os pecados capitais o favorito é a gula. Escolheu o jornalismo pela pouca quantidade de números.

Deixe uma resposta