Byte na Mesa – 5 Dicas Para Uma Noite de Board Games

Na série “Byte na Mesa”, falaremos sobre diferentes aspectos do mundo dos Board Games, um mercado que se renova com o passar dos anos e está sempre trazendo novidades empolgantes e divertidas para aqueles que se mantém por perto.

 

Nos últimos anos, o mercado de jogos de tabuleiro cresceu e já podemos dizer que eles estão mais fortes do que nunca. Com milhares de títulos diferentes, nunca foi tão divertido reunir uma galera e fazer uma noite de jogos, o popular corujão.

 

Contudo, a ideia de fazer um corujão em torno de Board Games pode ser nova para muitos, e para que a imagem acima não acabe acontecendo,  eu e o nosso cabeçudo Byte vamos dar 5 dicas (e uma extra) sobre o que é necessário para um corujão de Board Games.

 

 

Hora e Lugar

 

Um corujão dura algumas boas horas, e nem todos os potenciais participantes possuem a mesma disponibilidade/flexibilidade de horários, então avise com antecedência para que todos estejam de acordo com o horário e a duração do encontro. Também é importante situar os participantes sobre o local em que o corujão irá ocorrer. Existem casas específicas que oferecem esses serviços, mas caso seja um corujão caseiro, tenha certeza que há lugar para todos e que o ambiente é propício para as atividades.

 

 

 

Limites

 

Caso você seja o anfitrião, respeite os gostos pessoais dos participantes, e mesmo que você esteja em casa, adapte as coisas que trarão mais conforto aos participantes. Mesmo que algo não seja um problema para você, pode ser um problema para algum membro do grupo, então tente tratar a questão com imparcialidade e generosidade.

Caso você seja o convidado, respeite os limites do ambiente. Haja sempre com educação e levando em consideração se aquela atitude específica não é desrespeitosa para com o anfitrião ou algum convidado.

De forma geral, trate os outros como gostaria de ser tratado, e se alguma emergência acontecer, tente avisar com antecedência

 

 

 

Rango e Bebidas

 

Todos nós amamos comida, mas poucas coisas são tão frustrantes quando um jogo cheio de marcas de dedos engordurados. Ainda assim, comida é algo especial e pode (em alguns casos) coexistir com os nossos queridos jogos. Coisas como barra de cereais, biscoitos e chocolates (utilizem a embalagem para não sujar os dedos, please) não costumam ser um grande problema para a jogatina, mas grandes refeições (jantar) e alimentos gordurosos podem ser aproveitados em uma pausa entre os jogos. Claro, caso haja cuidado e consenso entre os jogadores, alguns outros alimentos podem ser adaptados para a jogatina (como usar palitinhos para batatas).

Bebidas não costumam ser um grande problema, pois já existe o costume de se ingerir bebidas em outros momentos do dia em que não podemos derrubá-las, mas se possível, mantenha-as longe dos jogos. Caso sejam bebidas alcoólicas, cuidado com aquele amigo que fica desajeitado depois de beber,

Manter guardanapos e álcool gel por perto é sempre útil.

 

 

 

Telefones

 

Ok, emergências acontecem e postar uma foto dos joguinhos no instagram é realmente legal, mas é importante lembrar que ficar constantemente mexendo no celular só atrapalha apenas o jogo, isso pode irritar também os outros jogadores. Caso haja uma regra de proibição/liberação de celulares, siga-a. Na dúvida, use  bom senso e moderação.

 

 

 

Não seja aquele cara

 

Você venceu? HOORAY! Incrível, vencer é sempre satisfatório, porém, não seja aquele cara que fica falando por horas de sua última vitória ou que fica esfregando-a na cara dos outros jogadores. É importante lembrar que sempre se joga limpo, não seja aquele cara que trapaceia e leva uma vitória vazia para casa ou que é pego trapaceando e torna o jogo de todos em algo embaraçoso. O jogo acabou? Ajude na organização, não seja aquele cara que fica sentado com os pés para cima enquanto todos colaboram na organização.

 

 

 

Dica Extra

 

Acima de tudo, se divirta! Aproveite o momento, jogue, ria e converse com seus amigos.Board Games são fantásticos para estreitar laços antigos e criar novas amizades!

 

lucascthulhu@gmail.com'

Apesar de odiar tirar fotos, Lucas é um cara simples: Se algo pode fazê-lo rir, chorar ou se arrepiar, ele estará lá. Amante dos trabalhos de Junji Ito e de cookies, ele prefere canetas do que teclados na hora de escrever, além de gostar de retrucar a opinião de técnicos profissionais de futebol americano no seu tempo livre (mesmo sabendo que eles são profissionais). Ele odeia falar de si próprio na terceira pessoa, mas pode abrir exceções de vez em quando. (sacaram o que eu fiz aqui? xD)

Deixe uma resposta