ByteBites – Velvet Buzzsaw

O modo de fazer cinema foi inteiramente reinventado com a ascensão de plataformas de streaming estilo Netflix. Atrizes como Jennifer Aniston e Natalie Portman eram vistas somente nas telonas do cinema. Atualmente, essas personalidades são vistas, também, migrando para telas de notebooks e smartphones, devido a essas inovações. Agora, chegou a vez do eterno  Donnie Darko, Jake Gyllenhaal, estrear na bizarra produção da Netflix, Velvet Buzzsaw, com direção de Dan Gilroy.

Gyllenhaal é o crítico de arte Morf Vandewalt convidado pela amiga Josephina (Zawe Ashton) para avaliar um pintor recém descoberto por ela. As obras de Vetril Dease fascinam não somente o crítico, mas também Rhodora Haze (Rene Russo) que expõem os quadros em sua galeria. Todavia, eventos surreais acontecem em torno daqueles que apreciam as obras de Dease.

O fato mais intrigante de Velvet Buzzsaw é o quão envolvente a história se torna no decorrer da trama. Desde o início do filme, o enredo mostra-se interessante e instigante, conseguindo, em uma hora e cinquenta três minutos de duração, prender a atenção do telespectador. Existe uma necessidade em descobrir os mistérios da narrativa, mesmo que você tenha a consciência, adquirida no desenrolar do filme,  de que muitos dos segredos não serão resolvidos.

Assim como O Abutre, também dirigido por Gilroy, estrelado por Jake Gyllenhaal e Rene Russo, a crítica está presente em todos os momentos do filme. Enquanto o primeiro critica o sensacionalismo presente no jornalismo, Velvet Buzzsaw condena a banalização da arte e a constante necessidade em se obter lucro sobre ela.

Em 2018, uma obra do Banksy vendida por um milhão de libras (aproximadamente cinco milhões de reais) foi danificada propositalmente ao passar por um triturador, todavia por mais que tenha sido modificada, o valor da obra Girl With Balloon dobrou. Esse exemplo pode ser perfeitamente aplicado a principal crítica do filme: a monetização da arte, já que a maldição presente nas obras do fictício Vetril Dease somente é transmitida para aqueles que querem adquirir algum tipo de lucro com suas obras.

A atuação do elenco está fantástica. Contamos com nomes consagrados como  Jake Gyllenhaal, Rene Russo e Toni Collette, todavia também o elenco é formado por atores não tão ilustres os quais ganham grande destaque graças ao seu trabalho. A exemplo disso, temos Zawe Ashton que dá vida a ambiciosa Josephina; sua personagem busca crescer profissionalmente numa tentativa de suprir os problemas presentes em sua vida pessoal.

Velvet Buzzsaw é um excelente filme com sua trama instigante. Entretanto, para  os amantes de filmes e séries que apresentam um desfecho claro e explicativo, essa obra não é a melhor opção. Portanto, é preciso continuar a procura de outra fonte de entretenimento no longínquo catálogo da Netflix.

Selo Byte de qualidade:

vitoriamollerke@gmail.com'

Amante de Game of Thrones, Supernatural, Mr.Robot, de personagens complexos e de tudo que tenha uma boa história. Mais Geek do que Nerd. Livros e filmes são paixões, mas séries são o grande amor da vida. Entre os pecados capitais o favorito é a gula. Escolheu o jornalismo pela pouca quantidade de números.

Deixe uma resposta